UNESCO

Visite o lendário Jardim do Éden
  Publicado em: 10/03/2024



Compartilhe nas Redes

 

OUTROS DESTAQUES

Turismo Internacional, o Brasil está preparado?
MACUCO SAFARI
Mais atrativos para o WONDER PARK
| Crédito: Divulgação
As melhores praias de Seychelles ficam em La Digue, Anse Source, D’Argent e Petit Anse são imbatíveis, e o acesso é extremamente tranquilo. Na ilha principal de Mahé, uma das mais procuradas e turísticas é a Beau Vallon. Já em Praslin, as praias são mais desertas. A ilha Fregate tem grande parte do território intacto e está dentro de uma área de conservação.

O fantástico Vallée de Mai fica na ilha de Praslin e é onde cresce o raro coco-de-mer. Já o Atol de Aldabra está localizado a 1.150 km a sudoeste Mahé, a principal ilha do país. Aldabra é um dos maiores e únicos atóis de corais do mundo. Conta com mais de 125 mil anos. É também o lar de uma das maiores populações de tartarugas-verdes do planeta.

Quando o atol foi inscrito na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO, em 1982, sua população de tartarugas-verdes estava quase extinta. Ao introduzir rigorosas medidas de proteção para as praias de nidificação ao redor do Atol de Aldabra, o número dessas tartarugas gigantes, que nidificam anualmente, aumentou de 500-800 no final da década de 1960 para 3100-5225 em 2011.

O Parque Nacional Vallée de Mai tem os vestígios de uma floresta de palmeiras naturais preservada em quase seu estado original. É também o lar original do famoso coco de mer (coco-do-mar), a maior semente do mundo gerada por um tipo de palmeira que já se acreditou crescer nas profundezas do mar, já que diversas vezes navegadores avistavam o coco boiando no mar.

Além do formato exótico, o coco de mer, impressiona os turistas pelo seu tamanho, pelo seu processo de crescimento desafiador e longo, e pela grande quantidade existente na reserva, cerca de 6 mil exemplares. As palmeiras que o geram são imensas, chegam a cerca de 30 metros, e possuem folhas que podem chegar a ter mais de dois metros de comprimento. Diz a lenda que esta floresta super preservada é também o Jardim do Éden original.


| Crédito: Divulgação



GOSTOU!?

Envie a sua sugestão de matéria, sua opinião ou temas para as próximas edições da Revista PG Turismo!