Fortaleza

Primeira cidade brasileira a investir no Turismo Pet Friendly
  Publicado em: 19/01/2022



Compartilhe nas Redes

 

OUTROS DESTAQUES

Vinícolas do Alentejo
Troca no Ministério
Espetinhos Curitiba em Ponta Grossa
| Crédito: Divulgação
Pensando na comodidade de quem viaja com seu bichinho de estimação, a Secretaria do Turismo de Fortaleza criou o projeto Fortaleza Pet Friendly, uma ação que transforma a capital do Ceará na primeira cidade do Brasil a contar com uma política pública de turismo voltada para o segmento pet. 

A iniciativa foi desenvolvida em parceria com a Coordenadoria Especial de Proteção Animal, ligada à Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos, e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Ceará. A ideia é que moradores e turistas possam desfrutar de Fortaleza na companhia de seus pets, sabendo com antecipação os estabelecimentos que permitem a entrada de animais, bem como locais de atendimento veterinário, tanto público quanto privado. 

“Hoje, ter ou não a opção de levar seu pet nas férias se tornou fator decisivo na escolha do destino, bem como na duração da viagem. Se você vai para uma cidade sem estrutura para levar seu animal de estimação, acaba encurtando a estadia para não fi car tanto tempo longe dele”, explica Alexandre Pereira, secretário do Turismo de Fortaleza. Por meio de parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará, a Secretaria de Turismo fornecerá um selo do projeto Fortaleza Pet Friendly para os estabelecimentos que zelam pela higiene e a segurança de pets, clientes e colaboradores. Apesar de existirem outras cidades com estabelecimentos pet friendly, Alexandre Pereira ressalta que Fortaleza é a primeira do Brasil onde a iniciativa é pensada como uma ação estruturada de política pública. 

Dessa forma, a Secretaria tem entrado em contato com empresas e entidades para estimular a adoção do conceito Pet Friendly na cidade. É o caso, por exemplo, do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará, que entra com o Top Bus como parceiro pet friendly. De acordo com o prefeito José Sarto, essa é mais uma iniciativa que fomenta o turismo em Fortaleza, ao mesmo tempo em que estimula e evidencia políticas de proteção animal. “Queremos tornar Fortaleza uma referência na proteção animal.

Isso significa que, além de atrair turistas, vamos desenvolver políticas que também beneficiam fortalezenses que têm pets”, destacou o prefeito. A Escola do Turismo de Fortaleza em parceria com o Sebrae trouxe a Universidade Pet Friendly como nova parceira do projeto.

Especializada em criar um ecossistema amigável entre pessoas com e sem animais de estimação, a Universidade entrega uma série de webinários voltados à capacitação de empresas e pessoas físicas nas práticas pet friendly. Os webinários abordam temas como quem é o público pet, o comportamento dos animais e a importância de regras que conduzam esse novo modelo de vida. 

Atualmente, os animais de estimação movimentam um mercado global de US$ 135 bilhões por ano, de acordo com o Instituto Pet Brasil (IPB). No Brasil, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) existem mais 140 milhões de animais de companhia, dos quais mais de 55 milhões são cães e quase 25 milhões são gatos. O segmento cresceu 13,5% em 2020 no país com relação a 2019. O movimento foi 6,8% acima do esperado para o primeiro semestre do ano passado, de acordo com o Instituto Pet Brasil. Dados do Euromonitor International apontam que em 2021, o Brasil deve se consolidar como o sexto maior mercado pet do mundo. 

Hoje já somos o segundo mercado mundial de alimentos para cães e o terceiro de alimentos para pets, atrás apenas de Estados Unidos e China.




| Crédito: Divulgação


GOSTOU!?

Envei a sua sugestão de matéria, sua opnião e temas para
as próximas edições da Revista PG Turismo!